Busca avançada
Página Inicial


O Sexo dos Anjos - A Sexualidade Humana em Psicanálise

Autor: MD Magno
Editora: Aoutra Editora

Texto dos Seminários 1986/1987. Teólogos medievais retorceram suas mentes até o enxuto na perquirição do sexo que os ANJOS poderiam ter. Só a Psicanálise (de Freud) e só depois de Lacan (com a inquietação equivocante do seu penúltimo Seminário) pode aprontar para eles alguma solução - com certo atraso, é bem verdade, mas o óbvio é difícil de se ver.

R$ 25,00

Para pagamentos em boleto, existe uma taxa de R$ 8,50

    

Ficha Técnica

Idioma: Português
Encadernação: Brochura
Dimensão: 16 x 23 cm
Peso: 0.608 Kg
Edição: 1ª
Ano de Lançamento: 1988
Número de Páginas: 249

Sinopse

Teólogos medievais retorceram suas mentes até o enxuto na perquirição do sexo que os ANJOS poderiam ter. Só a Psicanálise (de Freud) e só depois de Lacan (com a inquietação equivocante do seu penúltimo Seminário) pode aprontar para eles alguma solução - com certo atraso, é bem verdade, mas o óbvio é difícil de se ver. O sexo do corpo (biológico, animal), adrede preparado para a reprodução, não é o sexo de que se fala, não é o sexo que a gente faz conforme o empuxo da repetição. Aquele, já está feito. Este, está sempre por se fazer. Por isso é que, dele, a gente fala. Porque é a partir do que se fala que toda gente o faz. Ora, é a gente que fala: os anjos, somos nós. Daí que os dois sexos efetivos dos ditos seres-vivos da chamada Natureza (e há diversos não-sexuados ou bi-sexuados também) que comparecem no "macacão" (que vestimos) do nosso corpo biológico de falantes (de seres mais-que-vivos ou sobrenaturais) não são os nossos sexos (nós que falamos dos nossos como dos deles). Pois os nossos, efetivamente, são três - com mais um quarto, de lambuja, que só nos serve para fazermos os outros três. É que nós outros, anjos falantes de direito e de fato, estamos inseridos, no seio de tudo que há, não de modo proporcional a esses seres, mas sim compatíveis com a estrutura de plenitude do que Há. Digamos que, com nossos corpos de macaco, sustentamos o santo espírito de Deus. Com o que a Psicanálise, herdeira soberana dos encargos da velha Filosofia, não deixa de ter sua Teologia, sua Ontologia, sua Cosmologia - apontando, em seu a-teísmo, que Deus é Inconsciente como é Inconsciente o próprio Haver. E assim, pode recolher qualquer espécie de saber, querendo dialogar com toda sorte de dizer. Em suma: podendo extrapolar(-se) do cinturão (dito terapêutico) de sua clínica divanesca para a amplitude arejada de sua Clínica Geral.


      CONHEÇA TAMBÉM    
        


    FORMAS DE PAGAMENTO    

  

Seu Site na Internet