Busca avançada
Página Inicial


Ars Gaudendi - A Arte do Gozo

Autor: Magno, M.D.
Editora: NovaMente Editora

R$ 12,00

Para pagamentos em boleto, existe uma taxa de R$ 8,50

    

Ficha Técnica

ISBN: 85-87277-18-4
Idioma: Português
Peso: 0.000 Kg
Edição: 1ª
Ano de Lançamento: 2006
Número de Páginas: 340

Sinopse

Este livro, que transcreve o Falatório do autor realizado em 2003, apresenta a investigação do Inconsciente em sintonia com as emergências do ambiente sociotecnológico do século 21. Por exemplo, com a idéia de informação algoritmicamente construída, segundo a qual nossas articulações biológicas, físicas, mentais, linguageiras, sociais, etc., têm equivalência em algum nível – o que possibilita a busca de termos de passagem entre realidades que antes pareciam incomensuráveis. O leitor acompanha as proposições da psicanálise a esse respeito mediante a retomada da Res Gaudens ou Coisa Gozante, já proposta por Jacques Lacan, agora partindo da concepção de um campo homogêneo – o Haver – , onde toda informação extensiva ou pensante (a res extensa e a res cogitans oriundas da tradição filosófica) é tratada como articulação com possibilidade de permeio ou equivalência. Nesse esquema, a clausura que promove as diferenças é efeito sistêmico que caracteriza toda formação do Haver enquanto resistência à transformação. Suspensa a clausura, o que se mostra é a mesma constituição de base para as formações, isto é, sua mesma substancialidade, a mesma coisa gozante que, em co-moção e trans-formação, costuma comparecer como extensionalidade e cogitação. Substância do Haver, a Res Gaudens é, portanto, o princípio de formulação das formações, isto é, princípio de informação. Daí a afirmação: a psicanálise é a Arte do Gozo, sobretudo por ser a arte ou tecnologia que promove a MetaMorfose das formas de gozo, conduzindo-as à sua possibilidade de indiferenciação. Isso permite outra postura diante das chamadas patologias ou nosologias, social, jurídica ou medicamente recortadas. A resultante é uma Patemática da Psicanálise que, dispensando a casuística dos “transtornos” e “síndromes”, propõe o entendimento mínimo e abstrato das formações do psiquismo, levando em conta os aspectos quantitativo e intensivo dos investimentos, das forças e poderes em jogo, aglutinados em pólos, com focos e franjas. Ars Gaudendi inclui ainda os Excertos da Oficina Clínica de MD Magno, que desdobram questões relativas à MetaMorfose dos vínculos, com destaque para o entendimento da ordem vinculatória da matéria viva, incluindo os fenômenos genéricos de hipnose e transferência. A psicanálise reafirma aí um lugar de Vínculo Absoluto para o homem, qualificado pela disponibilidade à vinculação e separação radicais. Um Idiota, portanto, a encenar, qual marionete, seus sintomas, exacerbado pelo trauma de Haver.


      CONHEÇA TAMBÉM    
        


    FORMAS DE PAGAMENTO    

  

Seu Site na Internet