Busca avançada
Página Inicial

Todas as frases

Para tirar a idéia de sujeito e objeto - que vão bater na lingüística e na noção de signo -, o que temos é: um conjunto de formações que está em transa com outro conjunto de formações . 

Há que prestar atenção às intuições, pois são conhecimentos franjais ainda não focalizados . 

O Sujeito morreu, e o Objeto também. Resquiescat in pacem . 

O cientista tem que ficar fazendo provas: para provar que não é doido, que seu delírio tem eficácia . 

Eu mesmo é só o Haver como experiência, a respeito do qual não se diz nada, ele não fala, não conhece, está fora, é só pancada bruta. Então, não tem sujeito e não tem objeto, e sim formações e formações . 

Tirando as palavras sujeito e objeto, temos: formações que se transcendem reciprocamente . 

Não se pode inventar nada de novo, apenas colher o que nunca se viu . 

Não há mais que olhar para pessoas no sentido de sujeitos e objetos. É uma rede, o troço está entre . 

A ordem é o Kaos - e temos que nos virar dentro dela, pois, às vezes, faz coisas das quais não estamos a fim, não gostamos . 

Cura é indiferenciar o mundo. Não há cura do Haver . 

Há que criar um Estado que permita utopias . 

Que grupos se reúnam e vivam como quiserem, nisto o Estado não pode se meter, pois um Estado mínimo respeita e sustenta a existência da utopia criada por alguém com seus pares e parceiros . 

O princípio de soberania é das diferenças, que têm direito de sobreviver enquanto tais. O Estado só pode intervir para manter a sobrevivência e para evitar que uma não destrua outra . 

Toda teoria é uma biografia . 

A porrada é traumática não porque seja o trauma. Este será constituído como um conhecimento da porrada . 

Diferencio criação e criatividade, pois esta é a mistura de alhos com bugalhos, que sempre dá alguma coisa . 

O excessivo é que é produtivo, e não a falta . 

Dentro do que há, só vejo excesso. Ninguém tirou nada para você querer depois. Você já chegou reclamando e querendo mais . 

O que vemos atualmente é a emergência do quarto Império brotando por dentro e que, até saberem lidar com ele, promoverá muita comoção. Ele é evidente na tecnologia, na ciência, etc., mas no mundo em geral, pelo fato de as pessoas estarem apegadas a formações de Terceiro e Segundo Impérios, muito sangue escorrerá . 

O mais difícil ou quase impossível de realizar em nosso trabalho é: liberar as áreas colonizadas . 

Qual é a dificuldade no pensamento de Marx, por exemplo, de se fazer uma revolução socialista? É menos derrubar as forças colonizadoras do que convencer os
colonizados. 

É preciso revoltar-se contra suas próprias convicções, conexões e linkagens. Se não, fica-se com a impressão de estar lutando contra os outros, mas estes vão nos manipular com a maior facilidade . 

O esforço tem sido no sentido de armar uma máquina de arrasamento das formações. Ou seja, de supor que uma análise se encaminha no sentido do Originário e é capaz de sustentar um processo perene de esvaziamento das formações . 

Não se pode ser psicanalista católico, judeu ou muçulmano . 

Impressionou a Étienne de la Boétie o que chamou de Servidão Voluntária. É uma expressão falsa, pois para alguém ter uma servidão voluntária precisará ter consciência de sua servidão e querer entregá-la a outrem. O nome correto é: Alienação Prazerosa . 

      CONHEÇA TAMBÉM    
        


    FORMAS DE PAGAMENTO    

  

Seu Site na Internet